3
nov
2017
1

O PADRÃO NO MUNDO CRESPO

Olá pessoal !

Hoje vamos falar um pouco sobre um assunto que pessoalmente para mim é perturbador e preconceituoso.

 

O padrão no mundo das crespas existe e vai continuar a existir por muito mais tempo, acredito eu. Pois tudo começa no momento em que a pessoa entra na transição que eu considero ser  um momento de auto conhecimento “capilar” e auto-aceitação mas que  infelizmente neste exacto momento muitas dessas pessoas ja começam almejando o cabelo de uma outra pessoa ( uma cantora, modelo, youtuber, blogger ou até uma atriz), com cachos bem definidos e abertos.

E a decepção chega no momento em que se deparam com os primeiros fios diferentes do que elas imaginavam ( cachaeado e bem definido). Pois já se tem em mente que, o cabelo crespo do tipo 4(abc) não é bem aceite na sociedade, e simplesmente não conseguem ver a beleza em seus proprios cabelos.

” Será que eu vou gostar do meu cabelo?” , ” E se o meu cabelo não formar cachos?” Essas são as perguntas que toda pessoa que entra em transição faz consigo mesmo. Acreditem vocês ou não , eu não me questionei sobre o tipo do meu cabelo, sabem em que eu pensava?  ” Em ter um cabelo natural e saudavel DE VOLTA” era tudo que eu queria na epoca. O facto do meu cabelo com o tempo formar molinhas foi uma consequência da minha genetica.

 

Mas as pessoas mais chegadas perguntavam costantemente ” e se o teu cabelo não formar cachos , vais voltar a alisar ? Faziam essas perguntas porque quem intencivou-me a deixar o cabelo natural era uma amiga ‘ Rajeth ” que tem o cabelo cacheado do tipo 3. Consequêntemente todos pensavam que eu esperava ter um cabelo igual ou parecido ao dela . E eu só respondia ” EU SÓ QUERO UM CABELO SAUDAVEL”

Essa minha maneira de pensar fez-me descobrir muita coisa sobre o nosso cabelo, porque eu queria muito entender porque é que  as pessoas temiam tanto ter um cabelo do tipo 4 abc.

 

Com o tempo e pelas minhas buscas fui entendendo que o cabelo do tipo 4 é o menos amado , menos aceite pelas pessoas. Culturalmente e socialmente o cabelo do tipo 4 é um cabelo que precisa ser modificado para ser aceite. Nas redes socias , conseguse-se dar conta da mensagem sobre ilustração de dois postes”  CABELO CRESPO DO TIPO 4 vs CABELO CACHEADO DO TIPO 3 , o ultimo terá mais “GOSTOS”, mais partilhas e comentarios .

Ai a gente se perguntam o porque neim ? Porque o ultimo é o cabelo dos sonhos, o tipo que a maioria gostaria de ter …. Ai a não aceitação de si mesmo.

 

É incrivel como o tipo de cabelo influencia na forma em que os seguidores e até as pessoas na rua vão te tratar, parece ser a reviravolta , de tanto que se falou de ” Liberdade capilar , livres dos quimicos” agora estamos na luta de “ACEITE O TEU CABELO COMO ELE É” , tentar fazer entender as pessoas que cada cabelo tem a sua beleza em si.

Realmente respeito quem alisa o cabelo pois “cada um tem o livre arbitro da sua pessoa” ou seja faz o que entender com o seu cabelo e não só, mas também admiro quem não aceita a sua propria genética, pois a textura do cabelo a gente pode mudar com quimica, já a genética… A genética, ninguém muda.

Aceitação é parar de ser escrava dos padrões da sociedade e  enfrentar o preconceito e mostrar a beleza natural.Todos os tipos de  cabelos são bonitos e originais na sua essencia, o que muda é a nossa concepção limitada e preconceituosa do que é a beleza.

Espero que gostem !

 

Deixa o seu comentario